Buscar
  • RENOVARE PSICOLOGIA

Consultório Psicológico: como potencializar os materiais para os pacientes.

Atualizado: 17 de Dez de 2019

Consultório de Psicologia


O trabalho de um profissional no consultório psicológico envolve intervenções com diferentes objetivos, desde uma investigação até a transformação psicológica. Para isso, são utilizadas técnicas com embasamento científico e o uso de diferentes materiais e recursos.

Mas, muitas dúvidas surgem sobre quais materiais podem ser explorados em um atendimento. Para auxiliar, preparamos esse conteúdo. Continue lendo e confira!



Como escolher os materiais do consultório?


Ao elaborar os materiais em seu consultório psicológico busque estimular os cinco sentidos do paciente.

Use recursos que sejam atraentes e organizados visualmente, que tenham texturas e odores agradáveis, que transmitam uma mensagem personalizada e de atenção com o paciente. Mas lembre-se que, ao criar os recursos e materiais, os aspectos éticos e científicos devem estar sempre presentes.

Separamos exemplos para potencializar o atendimento em seu consultório:


- Textos de psicoeducação;

- Formulários;

- Cartões de enfrentamento;

- Registros semanais;

- Diários;

- Mensagens para reflexão;

- Objetos e textos para técnicas específicas.




Ao trabalhar com a psicoducação, o paciente recebe materiais bem elaborados e estruturados, com imagens que simbolizem o conteúdo facilitando a compreensão do sobre o assunto que ele precisa ser psicoeducado.



Os materiais para o paciente registrar durante a semana ou para ele narrar podem ser elaborados de forma personalizada. Com imagens que tenham sentido para a sua história, aumentando o sentido da

realização da tarefa pelo paciente.


As atividades podem ainda usar diferentes recursos, de acordo com a criatividade do profissional e do paciente. Um registro de gratidão, pode virar um pote da gratidão por exemplo, onde o paciente irá abastecê-lo todos os dias.


Pote da Gratidão

Dar uma atenção especial aos materiais utilizados no consultório psicológico demonstra a organização profissional, o cuidado com o paciente e pode fortalecer a relação terapêutica.

Para saber mais sobre esse assunto e conferir outras dicas, preparamos um conteúdo especial.

Baixe gratuitamente nosso e-Book Terapia Cognitivo-Comportamental .



Boa leitura e bom proveito com seus pacientes.


Texto: Tatyana Elisan Bonamigo Mazzioni. Psicóloga. CRP-12/04754.



160 visualizações